sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Reinaldo sugere que o papa Francisco se cale


"Colunista neocon diz que opiniões do pontífice sobre o atentado em Paris e a liberdade de expressão são covardes, imprecisas e politiqueiras; “Francisco tem cabeça e postura de cura de aldeia, não de papa”; em discurso nas Filipinas, Papa disse que 'não se pode ofender, ou fazer guerra, ou assassinar em nome da própria religião ou em nome de Deus'

Brasil 247

Ao comentar declarações do Papa Francisco sobre o atentado à redação do Charlie Hebdo em Paris, colunista neocon Reinaldo Azevedo sugere a pontífice se calar.

"Francisco tem cabeça e postura de cura de aldeia, não de papa. Suas entrevistas ambíguas são detestáveis. O jesuíta leu mal São Paulo e não sabe que cítara e flauta têm de soar de modo distinto. Suas opiniões sobre o atentado e a liberdade de expressão são covardes, imprecisas e politiqueiras. Deveria se esconder debaixo da cama com Barack Obama para conversar sobre o nada. Ainda bem que nenhum católico vai tentar me dar mil chicotadas por isso", escreveu Reinaldo.

Em discurso nas Filipinas, Papa disse que “liberdade de expressão não dá o direito de insultar o próximo”. "Não se pode ofender, ou fazer guerra, ou assassinar em nome da própria religião ou em nome de Deus", afirmou."

Um comentário:

Paulo Eduardo Teixeira Vasconcellos disse...

Êle,Reinódio,tem cabeça e postura de chefe da carceragem.