quinta-feira, 3 de julho de 2014

PESQUISA DATAFOLHA - DILMA PASSA DE 34% PARA 38% NAS INTENÇÕES DE VOTO E O IMPACTO DA CAMPANHA SÓRDIDA CONTRA A COPA E O GOVERNO FICAM EVIDENTES..


A Pesquisa completa ainda não foi divulgada, e assim, dados importantes como rejeição dos candidatos não podem receber análise. De qualquer forma, a presidente Dilma Rousseff cresceu 4 pontos, Aécio Neves (1) e Eduardo Campos (2). Ou seja, como a margem de erro é de dois pontos percentuais, só há certeza mesmo de que Dilma cresceu. 

Mas, o que essa PESQUISA deixa bastante CLARO, é o quanto que a CAMPANHA SÓRDIDA que a imprensa FEZ em relação a Copa do Mundo, influiu no HUMOR dos brasileiros, e que a campanha que continuam fazendo em outros campos contra o PT, Dilma e LULA, tem enorme peso na opinião pública. Ou seja, os quatro grandes grupos de comunicação do Brasil, que ADOTARAM COMO CANDIDATO AÉCIO NEVES, estão fazendo de tudo, inclusive um jogo SUJO, para derrotar DILMA ROUSSEFF.

Selecionamos duas matérias da Folha.com que trazem informação sobre a pesquisa. Na primeira retiramos trechos do que foi publicado e postamos em meio à observações feitas por nós. A segunda está publicada na íntegra. Para ambas LINKs disponíveis para o leitor poder acessar a íntegra.
Com Copa do Mundo, humor do país melhora e Dilma cresce
RICARDO MENDONÇA - FOLHA DE SÃO PAULO - 03/07/2014 -  03h01

A Copa do Mundo mudou o humor geral dos brasileiros e parece estar influenciando a avaliação do governo, as expectativas econômicas e até a eleição presidencial. No plano político, a presidente Dilma Rousseff (PT) é a maior beneficiada.
E na avaliação, porém, da pesquisa espontânea, que a Presidente que tenta se reeleger, dá sinais claros de sua distância sobre os demais candidatos: Na pesquisa espontânea, em que o entrevistador pergunta pelo voto sem apresentar os nomes dos concorrentes, Dilma foi de 19% para 25%.

Não há informação sobre o percentual dos demais candidatos nesse quesito.

A pesquisa traz ainda a informação de que o número de eleitores favoráveis à Copa no Brasil subiu de 51% para 63% em um mês. O orgulho com a realização do Mundial saltou de 45% para 60%.

Salta aos olhos ainda, a reversão das expectativas dos brasileiros, quanto ao desemprego, inflação, economia... A reversão do humor aparece em relação à expectativa de inflação (recuo de 64% para 58%), desemprego (de 48% para 43%) e poder de compra do salário (avanço de 27% para 32% dos que esperam melhoria).

Agora, 30% acham que a economia do país irá melhorar. Eram 26% em julho. E 48% estão otimistas com a própria situação econômica. Eram 42% há um mês.

====================================================

Pesquisa Datafolha finalizada nesta quarta-feira (2) mostra que as intenções de voto na presidente Dilma Rousseff cresceram de 34% para 38% em um mês.
clique para ampliar
No mesmo intervalo, o senador Aécio Neves (PSDB) oscilou de 19% para 20%.

Já ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) variou de 7% para 9%, deixando assim a posição de empate técnico com o candidato Pastor Everaldo Pereira (PSC), estacionado em 4%.

O Datafolha ouviu 2.857 eleitores em 177 municípios nesta terça (1º) e quarta-feira (2). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos. A taxa de confiança é de 95% (significa que em 100 levantamentos com essa mesma metodologia, os resultados estarão dentro da margem de erro em 95 ocasiões). O registro do levantamento no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-00194/2014.
Leia os resultados completos da pesquisa na Folha nesta quinta-feira (3).

Um comentário:

Carla Damasceno disse...

Em outubro só vai dar Dilma, sem segundo turno, sem chorulemas. É Dilma pro país seguir mudando! #Lula2018!