terça-feira, 22 de julho de 2014

Planos econômicos e lucro dos bancos

Por Altamiro Borges
Os banqueiros são insaciáveis. Lucram quando a economia está em dificuldades, elevando os juros e demitido trabalhadores. Lucram quando a economia cresce, abusando das tarifas e da agiotagem no crédito. E lucram, até, quando planos econômicos penalizam o conjunto da sociedade. Nesta segunda-feira (21), a Procuradoria Geral da República (PGR) divulgou estudo que demonstra que os bancos tiveram um lucro bruto de R$ 21,87 bi em decorrência dos pacotes impostos pelos governos José Sarney e Collor de Mello. Segundo o jornal Valor, este novo cálculo, bem mais modesto, já foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que discute o ressarcimento dos poupadores.

“O número apresentado corresponde à aplicação de recursos da chamada ‘faixa livre’ de depósitos da caderneta de poupança, e abrange o período de junho de 1987 a setembro de 2008. Com a entrega do novo cálculo, o STF poderá retomar o julgamento dos processos que discutem se os bancos devem ou não aos poupadores diferenças na correção da poupança durante os planos econômicos das décadas de 1980 e 1990. A fixação da data para retomar o julgamento dependerá do futuro presidente da Corte, o ministro Ricardo Lewandowski, que também é relator de um dos processos”. Na estimativa anterior, o lucro dos bancos com os planos econômicos foi calculado em R$ 441,7 bilhões.

Mesmo com a brutal redução dos valores, as poderosas instituições financeiras devem contestar o novo cálculo para adiar ainda mais julgamento no STF. Através de uma ação da Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif), em 2009, os bancos choramingaram e argumentaram que o ressarcimento das perdas teria impactos dramáticos na economia. Seria o caos total. O valor agora foi reduzido, mas o terrorismo prosseguirá. Os banqueiros não aceitam qualquer redução nos seus lucros astronômicos. Eles são insaciáveis!

*****

Leia também:







Postado há por
 

2 comentários:

marcosreis aurelio disse...

OSD BANCOS TODOS OS ANOS POSTAM NOS JORNAIS O SEU LUCRO SIMESTRAL BASTA-SE PEGAR ESSES BALANÇOS NOS JONAIS DA EPOCA SOMA-LOS QUE VAI SE CHEGAR AO VERDADEIRO VALOR. AGORA SE BAIXARAM OS VALORES DE 441 BILHOES PARA 21 BILHOES E ELES AINDA ESTAO RECLAMANDO ENTAO CANETA NELES E FA\Z ELES PAGAREM PORQUE SAO OS MAIORES AGITAS DO BRASIL.

marcosreis aurelio disse...

os ultimos balanços que vi de bancos como bradesco e itau cada um deles tiveram lucros no primeiro simestre 16 bilhoes de lucro. isso num simestre de um ano e apenas uma instituiçao agora imagina elas todas juntas quanto nao foi. em cada ano.