terça-feira, 8 de julho de 2014

As chicanas do Dr. Joaquim


8 de julho de 2014 | 05:50 Autor: Fernando Brito
chicana
E depois de resolver sair às pressas do STF, com uma aposentadoria pra lá de precoce, o Dr. Joaquim Barbosa surpreende a todos com o pedido para ficar “uns diazinhos a mais” como ministro do Supremo Tribunal Federal…
Exatamente até o dia seis de agosto.
Portanto, haverá uma nova temporada de holofotes para Sua Excelência produzir fel e grosserias, como se deu há dias, quando atirou de volta ao plenário,com poucos modos e nenhuma cerimônia, o cargo de presidente de nossa corte suprema.
O que ele fará até lá, ninguém sabe o que esperar.
Menos, é claro, atitudes equilibradas e prudentes, porque estas dele não se espera.
Oficialmente, o “esticão” se daria com o “objetivo (de)propiciar uma transição mais tranquila e fora do período de férias dos outros ministros”.
Curiosa preocupação de alguém que, apenas uma semana antes, assina uma resolução transferindo ao vice-presidente (e seu sucessor) a obrigação de apresentar os relatórios obrigatórios da gestão que se encerra.
O Dr. Joaquim, que vê nos atos de seus pares “chicanas” escusas para manipular prazos, não pode reclamar que lhe vejam também, nas decisões insólitas e inesperadas que toma as manobras que atribui a outros.
E certamente não haverá quem deixe de pensar que o espetaculoso ministro tenha adiado um pouco o seu “apagar de luzes” para que ele se dê mais próximo de que se acendam outras: as da campanha eleitoral do rádio e da televisão.
Na qual, aposentado, poderá ser de novo uma estrela, com suas caras e bocas, o Charles Bronson da Justiça.
Do qual, com a devida vênia, seu papel assemelha-se mais que ao do Ruy Barbosa que pretende ser.

Do Blog TIJOLAÇO.

Um comentário:

marcosreis aurelio disse...

é bom botar a barba de molhor porque desse ai pode-se esperar tudo. esse é um sujeito que nao tem carater,nao tem vergonha e é capaz de tudo para conseguir seus objetivos.