terça-feira, 22 de julho de 2014

Quem semeia ventos colhe tempestades e quem semeia coquetéis molotov?_+_AGORA SIM


Bandeiras do Brasil

A verdade é que certa “elite” portadora de complexo de vira-lata e provinciana é antinacionalista, porque para ela nacionalismo “bom” é o da Inglaterra e o dos Estados Unidos. Países admirados por alguns grupos sociais brasileiros colonizados e que se acostumaram, no decorrer de gerações, a ver nos cinemas, livros e jornais atores artísticos e sociais a cantar seus hinos nacionais, suas lógicas ufanas e de carácteres nacionalistas, além de admirar suas bandeiras a ser desfraldadas ou cravadas em solos quando suas forças militares conquistavam territórios dos inimigos.
Aí vale e tem graça para os coxinhas de classe média e os ricos colonizados, que pensam ser o eixo Nova Iorque, Miami, Londres e Paris o centro do universo quando, indubitavelmente, não o é. O mundo é muito maior e tem muito mais coisas que a ignorância e o preconceito dessas pessoas quando pensam ou deixam de pensar, pois sabemos que a humanidade é diversificada em todos os sentidos e que as hegemonias são passageiras mesmo se demorarem muito em termos históricos, pois, irrefragavelmente, submetidas ao tempo, que é realmente e inapelavelmente o senhor da razão.

Nesses dias percebo ao assistir e ouvir os programas esportivos de rádios e televisões (abertas e fechadas) o sentimento de amargura e inconformismo de muitos jornalistas, sendo que a maioria participou, na maior insensatez, perversidade e complexo de vira-lata da tentativa de desconstrução e desqualificação da Copa realizada este ano no Brasil. Profissionais de imprensa que se dispuseram e se dedicaram a diminuir o Brasil, pois o propósito era propositalmente negativar a autoestima do povo brasileiro e fazer com que ele tivesse o falso sentimento de que o País não conseguiria realizar um evento de qualidade por ser incompetente e desleixado.
Ledo engano! A Copa do Mundo foi um retumbante sucesso, e, inequivocadamente, admirada e aplaudida por todas as nações que participaram do evento mundial ou o acompanharam pelas televisões. Os números e os índices da Copa são fantásticos, porque o Brasil foi visto por quase dois bilhões de pessoas, os estrangeiros e brasileiros gastaram R$ 30 bilhões no País, o que vai influenciar, inclusive, no PIB, e quase um milhão de pessoas transitaram como turistas.
O número de turistas estrangeiros poderia ser maior, se não fosse a campanha insidiosa, de conotação mentirosa e propositalmente alarmista efetivada pela imprensa burguesa, direitista e tão ideológica e provinciana que sabotou e boicotou um evento internacional que, obviamente, apenas lhe trouxe altos lucros, pois se tem uma coisa que os magnatas bilionários da imprensa familiar não fizeram foi pegar a carteira ou enfiar a mão no bolso para investir na Copa. São tão reacionários e contra o Brasil que não se importaram em mentir e manipular fatos e realidades, porque apostaram no fracasso do campeonato mundial por causa de questões político-eleitorais.São de uma mediocridade política e social que não há sol que os aqueça ou os ilumine. Ponto!
Todavia, creio que a imprensa mercantilista e por isso meramente comercial vai perder seu “passe livre” para fazer o que quer ou bem entender, a ter os senhores Galvão Bueno e William Bonner e seus patrões Marinho como “diretores” ou “tutores” da Seleção Brasileira, que não pertence à Globo, às suas congêneres e, sim, ao povo brasileiro, que a ama e veste sua camisa amarela com orgulho e paixão. A Seleção é parte importante da cultura deste País e representa a grandeza do Brasil, a sua força, talento e competência, sem sombra de dúvida.
 http://3.bp.blogspot.com/-u3DIhPfVJnY/U8xgzdPa55I/AAAAAAAAuPA/uXHriC0y9Ho/s1600/balan%C3%A7o+da+copa.png

 http://1.bp.blogspot.com/-UEDaH4gHU68/U8xg4KyU_FI/AAAAAAAAuP4/uKFkuZHHTnA/s1600/copa+br+campe%C3%A3o.jpg

Acusada de ser black bloc busca status de refugiada


Acusados pela Operação Firewall, da Polícia Civil do Rio de Janeiro, de agirem como black blocs em manifestações populares e sindicais no centro da capital fluminense, advogada Eloísa Samy e um casal ainda não identificado pedem asilo no consulado do Uruguai; intenção é conseguir salvo-conduto para viajar ao país vizinho e ser recebido com status de perseguido político; mas essa figura existe mesmo na democracia brasileira dos dias de hoje?; ou iniciativa visa criar fato para desviar atenções de acusações do crime comum de promover depredações?; presidente José Pepe Mujica será mesmo levado a considerar pedido?
21 de Julho de 2014


 A viatura da Polícia Militar do Rio de Janeiro desistiu da espera e deixou, no final da tarde, a frente do consulado do Uruguai, no Rio de Janeiro. Lá dentro, a advogada Eloisa Samy, apontada pela Operação Firewall, da Polícia Civil, como uma black bloc, e mais um casal também acusado de agir com essa tática de vandalismo nas manifestações populares e sindicais ocorridas na capital fluminense, faziam um apelo. Eles querem obter o status de refugiados políticos e conseguir asilo junto ao governo do presidente José Pepe Mujica.
Abaixo, notícia da Agência Brasil a respeito:
Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil
A advogada Eloísa Samy, acusada de atos violentos em protesto, está no Consulado-Geral do Uruguai, no Rio de Janeiro, e pede asilo político ao país vizinho. Investigada pela Operação Firewall, da Polícia Civil, ela foi um dos 23 ativistas que tiveram prisão preventiva decretada, por associação criminosa, pela 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (18).
A informação foi divulgada pelo Instituto de Defensores de Direitos Humanos (DDH), organização não governamental da qual Eloísa Samy faz parte. Segundo o DDH, o objetivo da advogada é conseguir o asilo para defender-se, em liberdade, das acusações que são feitas pelo Ministério Público.
De acordo com o DDH, policiais militares estão cercando a área do Consulado Geral do Uruguai, na zona sul do Rio.

THIETRE MIGUEL - RIO DE JANEIRO-RJ 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

THIETRE MIGUEL - RIO DE JANEIRO-RJ
Postado há por
 

Um comentário:

edgar saraiva disse...

ESSA FOI DEMAIS! UMA TERRORISTA URUGUAIA FAZER ESTRAGO AQUI AO PARTICIPAR DO MOVIMENTO POLÍTICO FASCISTA DE DIREITA. ELES BUSCAM TODO O TIPO DE AGRESSÃO VISANDO ATINGIR A ESTABILIDADE DO PAÍS. COMO É PRÁTICA DESSE TIPO DE GOLPISTAS TRABALHAM A INVERSÃO. DE PERSEGUIDORES POLÍTICOS MESMO COM TODA A BARBÁRIE, QUEREM PASSAR POR PERSEGUIDOS.NO CASO DESSA ADVOGADA MAIS AINDA, A PEÇA ESTA EM OUTRO PAÍS, E VEM INCENDIAR AQUI.AINDA BEM QUE O PRESIDENTE MUJICA ELA NÃO LEVOU.ASSIM COMO A MEDICA CUBANA MENTIROSA, DEVE APARECER O CAIADO PARA DAR PROTEÇÃO. ALERTA BRASIL!