quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Último programa de TV mostra a onda de força e esperança em torno da reeleição de Dilma




O último programa de televisão da presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, que foi veiculado nesta quinta-feira (23), mostrou uma verdadeira onda de força, de amor e de coragem que tomou conta de todo o Brasil nessas eleições. Há muito uma campanha não mobilizava tantas pessoas e resgatava o sentimento de esperança em torno da manutenção e continuidade das mudanças que o País conquistou nos últimos anos e por novos avanços.



Em apenas três dias, os brasileiros poderão escolher, nas urnas, o projeto de futuro que querem para o Brasil. “Todo mundo sabe que nenhum governante consegue fazer tudo em apenas quatro anos. Na vida, tudo precisa ter continuidade, pois é a forma mais segura de avançar, melhorar e inovar. Não parar tudo, não jogar esforço fora, não começar tudo de novo com atraso e prejuízo. Meu compromisso é aperfeiçoar o que está funcionando bem, corrigir o que não está bom e fazer o que ainda precisa ser feito”, afirmou Dilma.



Segundo a presidenta, a população deve comparar os dois projetos que estão em jogo nessas eleições. “Um Brasil que sabe que antes podia batalhar o que quisesse, que não conquistava uma vida melhor. E agora nós temos as condições de ter uma vida melhor, cada vez melhor”, disse Dilma.



A campanha foi embalada por uma canção de apoio realizada por artistas brasileiros, como Fred Zero Quatro, Serjão Loroza, Teresa Cristina, Otto, Gog, Beth Carvalho, Zeca Baleiro, Renegado e Rafael Mike. A versão completa da música está disponível para download na página oficial de Dilma na Internet. Elza Soares, Marina Lima e Chico Buarque também manifestaram seu apoio à reeleição de Dilma. (Veja o vídeo)


A cantora Negra Li disse que os brasileiros reconhecem as diferenças dos projetos que estão concorrendo nessas eleições. “Porque o PT é pela periferia, pelos mais humildes”, disse. O raper Emecida disse que lembra que na década 90 quando o jovem negro de periferia não podia nem sonhar com a faculdade. “Agora eu vejo vários irmãos cursando uma faculdade, construindo uma casinha. Mudança é isso aqui. É o Brasil falando por ele”, exaltou Emicida.



Governo Novo, Ideias Novas



No programa de TV foram citados alguns dos principais projetos concretos que a presidenta vai implementar no próximo governo, caso seja reeleita. O Pronatec Jovem Aprendiz, por exemplo, vai incentivar a contratação de jovens pelas micro e pequenas empresas. Para dar continuidade às conquistas do Programa Mais Médicos, Dilma vai criar o Mais Especialidades, que vai reduzir a espera por consultas, exames e tratamentos com médicos especialistas. Com o programa de segurança integrada, Dilma vai reunir as polícias federais e estaduais, com o apoio das Forças Armadas para combater o crime.



Entre as ideias novas, está a criação da Casa da Mulher Brasileira, que será construída em todas as capitais do País para apoiar a mulher vítima de violência doméstica. A faixa de financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida também será ampliada para que mais famílias realizem o sonho da casa própria.

Um comentário:

Scherer Alexander disse...

MUITO ESTRANHO OS INSTITUTOS DE PESQUISA SE COMPROMETEREM A NÃO REALIZAR PESQUISA DE BOCA DE URNA NO DOMINGO DIA 26! ISTO NÃO TÁ CHEIRANDO BEM! E AINDA TEM O “ imparcial “ DEBATE NA REDE GLOBO DA 6@. CUIDADO COM A & CIA! DIVULGUEM! TEMOS QUE EXIGIR A PESQUISA DA BOCA DE URNA PELO IBOPE E DATA FOLHA NO DIA DA ELEIÇÃO, POIS COM A URNA ELETRÔNICA DO TSE & CIA TODO O CUIDADO É POUCO!